A Jornada

Juízo contra a corrupção religiosa

Postado em 10 de dezembro de 2016

Então ele fez um chicote de cordas e expulsou todos do templo. (João 2:15)

Qualquer pessoa que ligar a televisão em nossos dias em um programa chamado de religioso (seja evangélico ou católico) se deparará com uma verdadeira enxurrada de bugigangas sendo vendidas e apresentadas como a solução necessária para os problemas da vida. Líderes religiosos usam das mais variadas fórmulas e argumentos para convencer as pessoas de que, como clientes em qualquer lugar, precisam comprar algo para ajudar na operação de Deus em suas vidas.

Nos dias de Jesus Cristo as coisas não eram muito diferentes do que são hoje. O Templo em Jerusalém também havia se tornado em um mercado de consumo religioso e Jesus Cristo não concordou com isto. Na verdade Jesus ficou muito irado e trouxe juízo sobre todo aquele comércio de sua época. Como é que você acha que Jesus se sente em relação ao que vemos hoje no que é apresentado como a religião cristã?

Tenha certeza de que Jesus Cristo tem a mesma postura hoje, que teve em seus dias encarnado em nosso mundo. Assim, que nosso viver não esteja baseado nas supostas trocas que podemos fazer com Deus, mas em nossa plena submissão ao que Deus fez por nós, através de Jesus Cristo.