A Jornada

Crer não é o bastante

Postado em 11 de dezembro de 2016

Enquanto estava em Jerusalém, na festa da Páscoa, muitos viram os sinais miraculosos que ele estava realizando e creram em seu nome. Mas Jesus não se confiava a eles, pois conhecia a todos. (João 2:23-24)

Uma expressão que muitas vezes ouço sendo dita por várias pessoas é: “o importante é ter fé”. Existe uma ideia no senso comum de nossa sociedade de que se tivermos fé, se cremos em algo, então, estaremos bem, e isto inclui a fé em Jesus Cristo. No entanto, o conceito que encontramos presente nos Evangelhos sobre a nossa relação com Deus, principalmente no Evangelho de João, não se fundamenta meramente na fé, na crença. Podemos crer sem que isso gere em nós uma mudança de vida.

A fé salvadora que se manifesta em nós pelo poder do evangelho é aquela que gera transformação em nosso ser. Para nós pode parecer suficiente crer, mas para Jesus Cristo nossa crença pode ser apenas superficial, por conta de uma necessidade momentânea ou por nos sentirmos impressionados com algo que aconteceu. Jesus Cristo conhece o nosso coração e o que ele busca é uma fé que nos conduza ao arrependimento que gera obediência em nosso coração para com seu governos sobre nossas vidas.

Ore neste momento pedindo a Jesus, que transforme as motivações do seu coração.