A Jornada

Cativando os outros

Postado em 11 de setembro de 2017

Vocês são a luz do mundo. (...) E, também, ninguém acende uma candeia e a coloca debaixo de uma vasilha. Ao contrário, coloca-a no lugar apropriado, e assim ilumina a todos os que estão na casa. (Mateus 5:14-15) Muitas vezes quando nos relacionamos com Deus pensamos mais nas bênçãos e privilégios que recebemos por conta deste relacionamento, nas mais variadas áreas e esferas de nossa vida. >> leia mais


Fazendo a diferença

Postado em 10 de setembro de 2017

“Vocês são o sal da terra. Mas se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.” (Mateus 5:13) Muitas pessoas acreditam que depois de ter tido um encontro com Jesus e de terem se tornado seus discípulos devem passar a viver isolados do mundo, dentro de uma redoma, tomando cuidado para não se contaminar, esperando ansiosamente o dia em que seus olhos se fecharão na história e abrirão na eternidade. >> leia mais


Agentes da paz

Postado em 09 de setembro de 2017

“Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus.” (Mateus 5:9) Você já percebeu que a paz nunca é vivenciada de maneira completa e global em nosso mundo? Quando um conflito que vem se arrastando há anos enfim termina, em outro lugar um outro começa. >> leia mais


Pureza de coração

Postado em 08 de setembro de 2017

>> leia mais


Sentindo a dor dos outros

Postado em 07 de setembro de 2017

“Bem-aventurados os misericordiosos, pois obterão misericórdia.” (Mateus 5:7) Certa vez ouvi como explicação para a palavra misericórdia, o fato de sentirmos em nosso coração a miséria do outro. >> leia mais


Não se envergonhe da justiça

Postado em 06 de setembro de 2017

“Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos.” (Mateus 5:6) Rui Barbosa disse certa vez que “De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude. A rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto”. >> leia mais